quinta-feira, 24 de março de 2011

Vai e não voltes

6 comentários:

Gi disse...

:-)

António Reis disse...

Obrigado João Quaresma, estava a ficar preocupado não ler novos artigos, além disso, é uma grande escolha musical. É costume dizer que só enfia o barrete quem quer, e este cabe de forma perfeita ao governo cessante. Eu não estou muito confiante, mas esse é um mal geral do povo português. Não sabemos o que vem aí, não esperamos nada de bom, porque da oposição nada há de novo. Ao menos que exista uma plataforma mais abrangente, pois pelo menos inspira mais confiança e mantém acesa a esperança de um pais melhor. Mas mesmo assim, o pessimismo está impregnado no pensamento de todos nós, ou não será assim?

Joao Quaresma disse...

Eu também não estou muito optimista. Mas pior governo de certeza não iremos ter. Quanto a uma plataforma abrangente, penso que há demasiadas incompatibilidades entre PSD e PS, para além de que não estou a ver os culpados pela actual situação a contribuirem para a sua resolução.

Joao Quaresma disse...

E obrigado pela sua preocupação :)

Paulo Lisboa disse...

Caro João Quaresma, por onde tens andado? Também confesso que já sentia saudades da tua escrita.

Bom tema sem dúvida para assinalar, ou diria antes, festejar, o fim do governo xuxa.

Quanto ao futuro, também não estou optimista. o Paços Coelho, não me inspira confiança, é um carreirista, um cabotino, um indíviduo globalmente mediocre que teve a sorte, e diga-se alguma paciência, em estar no lugar certo à hora certa. Mas já estou como tu, pior que este governo é capaz de ser impossível.

Joao Quaresma disse...

Paulo Lisboa: Obrigado pela preocupação. Também não estou convencido acerca de Passos Coelho.