sexta-feira, 28 de agosto de 2009

Groundforce

Ganham, na maioria dos casos, cerca de 2000€ e nunca menos de 1500. Têm um dos melhores planos de saúde do país. Têm direito a várias viagens de graça na TAP, por ano. Têm um dia de folga extra por mês para tratarem dos seus afazeres pessoais.

E, apesar da crise económica e na aviação, e da péssima situação financeira em que está a sua - ou melhor, nossa - empresa, ainda têm o descaramento de alinhar numa greve, a um mês de eleições.

3 comentários:

Paulo Lisboa disse...

Eu diria mais: A Groundforce é notóriamente a empresa que trabalha pior no aeroporto de Lisboa. É incrível que comparando com os outros aeoportos por onde já andei (Europa, Ásia e América), nunca vi em nenhum deles um atraso superior a 20 minutos na entrega da bagagem após a aterragem do avião. Na Portela espera-se sempre, pelo menos 20 minutos, mas a regra é esperar meia hora.

Um dos responsáveis da empresa da groundforce teve mesmo a distinta lata de dizer que nos dias em que não há greve «aquilo já é um caos». Se fosse à TAP corria imediantamente com estas nulidades.

joaquim disse...

meus amigos caso voces na saibam a groundforce é TAP, por isso se alguma coisa esta mal na dita empresa a culpa é exclusivamente da TAP, é ela que gere os recursos humanos e os financeiros

CAP CRÉUS disse...

Parece que andaram todos na mesma escola, esses saloios que trabalham no aeroporto e afins!
Incrivel a desfaçatez!
E ainda se queixam como se trabalhassem numa caixa do mini preço.
Por isso não lhes tenho qualquer respeito! Nunca!